[English] Como bloquear um arquivo ou pasta com OSX

Tutorial, Parte II, Bloquear arquivos e pastas no Mac

Tutorial Parte II. Proteja com senha.

.

Na postagem de ontem, vimos como assim muito simples, bloqueamos arquivos e pastas no Mac OS X. É algo tão simples de fazer quanto acessar o em formação do arquivo ou pasta a ser bloqueado (atalho de teclado CMD + i) e ative a caixa de seleção de ‘trancado‘. Fazendo isso, fazemos com que o Mac OS X proteja o arquivo ou pasta para que não possa ser modificado ou excluído de uma forma consciente ou acidental.

Link para o tutorial Parte I. Bloquear um arquivo ou pasta

Mas isso é um bloco a mais do que um proteção. Também é uma fechadura principalmente útil contra ações errôneas, involuntárias ou não intencionais do usuário acidental. É muito útil ficar mais calmo, pois assim damos controle ao Mac, e dessa forma, se por engano jogarmos no lixo esse arquivo ou pasta, o OS X vai irá evitar.

Tutorial para saber como bloquear arquivos e / ou pastas no Mac

Bem, uma maneira de proteger registros ou pastas é protegê-los por senha. Portanto, não permitimos o acesso a ‘estrangeiros‘quem não conhece o senha com qual ‘nós protegemos‘.

A fim de proteger por senha os arquivos e / ou pastas que queremos, temos que agrupe-os em uma pasta ‘mãe’, que na verdade será o bloqueado por senha.

Para fazer isso, vá para o aplicativo do sistema Utilitário A partir de Discos (Applications Utilities Disk Utility.app). Você pode alcançá-lo pesquisando por meio de Holofote com o texto ‘Utilitário de Disco’, ou com o uso do Plataforma de lançamento (F4) e procure em ‘Utilitários’ ou ‘Outros’.

Localize o aplicativo Disk UtilityLocalize o aplicativo Disk Utility

Não se esqueça de criar um Arquivo onde hospedar os arquivos e / ou subpastas que você deseja proteger usando senha. No meu caso, e para servir como exemplo, Criei uma pasta com alguns arquivos de imagem e outra subpasta com outro arquivo imagem que hospedei em minha mesa.

Pasta com os arquivos a protegerPasta com os arquivos a proteger

Agora é quando voltamos ao aplicativo ‘Utilitário de Disco‘e clicamos no menu’Arquivo‘(no aplicativo Disk Utility) na barra de menus. E nós fazemos clique em ‘Novo> Imagem de disco de Arquivo… ‘

Crie uma nova imagem da pasta Crie uma nova imagem da pasta

Uma caixa se abre diálogo para você selecionar a pasta. No meu caso, e como eu disse antes, é um que tenho na minha mesa e se chama ‘Pasta para proteger‘.

Selecione a pasta para protegerSelecione a pasta para proteger

Então depois selecionar a pasta a proteger, clicamos em ‘Imagem‘. Uma vez que estamos criando uma imagem de disco, estamos criando inerentemente um arquivo do tipo DMG. Então o OS X nos pede um nome para esse arquivo (por padrão, ele usa o nome da pasta selecionada), Labels, o Localização do arquivo DMG, uma vez criado e então temos dois ‘definições‘interessante.

Escolha o nome e a localização do arquivo DMGEscolha o nome e a localização do arquivo DMG

Bem, um ajuste é o tipo de imagem, O formato. Aqui poderíamos escolher uma opção mais específica se fosse o caso, mas como apenas nós tratamos proteger arquivos e pastas, Direito é selecionar ‘ler / escrever’. Uma vez que essa é a opção que nos permite ‘lidar com‘para provar nossos arquivos protegidos.

A próxima configuração refere-se ao criptografia, que nada mais é do que um método de proteção de conteúdo. Uma maneira de explicar o que significa criptografar um mensagem computador seria dizer que uma fórmula matemática (algoritmo) é aplicada que de alguma forma bagunça as letras e palavras da mensagem Seguindo este Fórmula. Se alguém consegue visualizar essa mensagem sendo enviei, Eu veria apenas letras confusas sem sentido. O destinatário correto da mensagem teria o mesmo algoritmo (mas invertido) para reordenar as letras para que o texto seja compreensível de novo.

Exemplo, este é o texto para enviar “olá, sou um teste”. Se aplicarmos um método ou fórmula que bagunça as letras, poderíamos ter isso “aprbuuenuysoahlo”. E é isso que enviamos … se alguém interfere a mensagem, eu não entenderia nada, pois “aprbuuenuysoahlo” não faz nenhum sentido. Mas se nosso receptor conhece o método usado para bagunçar tudo, sem problemas vai pedir e ler corretamente… “Oi, eu sou um teste.” Isso, mas muito mais complexo e complicado é o que significa criptografar uma mensagem.

Escolha o formato e método de criptografiaEscolha o formato e método de criptografia

Opção recomendado é AES de 128 bits. Bem, nós selecionamos aquele (não precisamos de mais também). E com isso clicamos em ‘Salve ‘para que o arquivo de imagem.

Agora somos solicitados a senha para proteger a imagem e sugerimos mantê-la no chaveiro. Também é acompanhado por um gerador senhas que nos diz se a senha é fraca, média, boa ou excelente. NÃO ative a caixa de ‘Salvar senha no meu chaveirodesde então, o OS X pode automaticamente digite a senha e, portanto, não haveria tal proteção.

Escolha a senha e NÃO salve no chaveiroEscolha a senha e NÃO salve no chaveiro

Bem, depois de alguns segundos, de repente temos no escrivaninha (no meu caso) um arquivo de imagem com extensão .dmg que contém criptografado e baixo senha, a pasta e os arquivos que eu queria proteger.

Se clicarmos duas vezes nesse arquivo DMG, pergunta-nos o senha para que, se estiver correto, uma nova unidade de disco será aberta ‘externo‘na área de trabalho (Configure nas preferências do Finder, que tipo de unidades e dispositivos você deseja ver na área de trabalho ou no Finder)

Arquivo DMG que se torna uma unidade externa protegidaArquivo DMG que se torna uma unidade externa protegida

A unidade externa (que é realmente nossa pasta protegida) que aparece na área de trabalho contém obviamente os arquivos e subpastas que queríamos proteger com uma senha.

Cada vez que você abre o arquivo de imagem DMG, O OS X pedirá a senha e sempre proporá salvá-la nas chaves. Não marque essa caixa ou permitir mantenha-o no chaveiro, pois você perderia proteção (pelo menos com o seu nome de usuário). Amanhã continuaremos….