Plano de trabalho para projetos Canaima GNU / Li discutido ...

Plano de trabalho para projetos Canaima GNU / Li discutido …

3 de dezembro de 2014

O encontro que acontece nos espaços da Fundação Instituto de Estudos Avançados (Idea), conta com a participação de ativistas da Comunidade Nacional de Software Livre, equipe de técnicos e desenvolvedores do projeto Canaima, universitários, diretores de informática do Administração Pública (AP), além de servidores e servidores públicos

Começou nesta terça-feira, 2 de dezembro, a Conferência Canaima e o 1º Encontro Técnico Educacional Canaima, evento organizado pelo Ministério do Poder Popular para a Educação Universitária, Ciência e Tecnologia (Mppeuct) por meio de sua entidade afiliada Centro Nacional de Tecnologias da Informação (CNTI) , com o objetivo de integrar os atores do Poder Público e do Poder Popular vinculados a estes projetos, para gerar um plano de trabalho que visa o seu re-impulso e fortalecimento durante o ano de 2015.

Jhon Monrroy, presidente da CNTI, garantiu que “é uma tarefa que parece simples, mas não é tão fácil de construir. Devemos melhorar Canaima, como projeto, como iniciativa. O que se pretende hoje é recolher todas as recomendações para montar o nosso plano de trabalho de forma a nos organizarmos e criarmos uma plataforma mais robusta que fortaleça toda a questão do desenvolvimento de Tecnologias de Informação (TI) Livres para uso de entidades e também para o projeto Canaima Educativo ”.

Durante a apresentação, Monrroy abordou temas como: o escopo do evento, o que é Canaima, a visão do projeto e os desafios para 2015; Neste particular, destacou que está previsto o desenvolvimento de uma primeira versão do Canaima dirigida ao utilizador da Administração Pública. Outro desafio é testar e retificar o correto funcionamento do sistema nacional de TI Gratuito com base na aplicação das propostas obtidas no evento.

Os participantes levantaram suas preocupações associadas ao tema TI Livre e fizeram algumas propostas como convidar as universidades a se interessarem mais pela pesquisa e adoção do Canaima GNU / Linux, despertando o interesse dos usuários pelo sistema da operação venezuelana Canaima como ferramenta para garantir a segurança informática do Estado, incorporar a comunidade universitária no desenvolvimento da próxima versão do Canaima GNU / Linux, avançar na implementação da Lei do Infogverno.

Na sessão da tarde, foram formados três grupos de trabalho denominados: Poder Público, Poder Popular e Canaima Educativo. No do Poder Público, serão levantadas as necessidades, funções e utilidades demandadas pelos usuários finais do AP do sistema operacional Canaima GNU / Linux.

Na mesa do Poder do Povo, formada por ativistas do Software Livre, comunidade Canaima e estudantes universitários, pretende-se desenvolver o novo sistema de produção que o projeto Canaima vai abordar. Já na Mesa Canaima Educativo, acontece o 1º Encontro Técnico Canaima Educativo com o objetivo de socializar processos para gerar propostas transformadoras relacionadas à plataforma tecnológica de geração de conteúdo educacional.

O painel do evento foi formado pelo presidente do CNTI; Mariana Ojeda, coordenadora da sala de Geração de Conteúdo da Diretoria de Currículo do Ministério do Poder Popular para a Educação (Mppe); Héctor Colina, representante da comunidade Canaima GNU / Linux e María Antonieta Ruiz, diretora geral da Comissão Nacional de Tecnologia da Informação (Conati).

Katherine Di Felice / ÉH

[+] Videos de nuestro canal de YouTube