Museu da Criança de Caracas: um olhar sobre 2014

Museu da Criança de Caracas: um olhar sobre 2014

5 de dezembro de 2014

Os Centros de Ciência representam atualmente uma oportunidade de aproximar todos os fenômenos, princípios, leis e aplicações das disciplinas científicas. Assim, são um complemento ao que se aprende na escola, na educação formal. Os avanços científicos e tecnológicos estão em constante processo de modificação e atualização, portanto o desafio -para esses centros- é ​​encontrar formas didáticas de apresentá-lo a quem a visita. eles. No ano que agora termina, 2014, o Museu da Criança de Caracas inaugurou novos espaços e atualizou algumas das exposições criadas há anos, para que os visitantes, interagindo com elas, descobrissem que “aprender é divertido”.

No início do ano, chegou abril, uma girafa em tamanho real que hoje faz parte dos bichos africanos do Rincón de los Cuentos. Na Páscoa a novidade foi a Televisão Digital, uma exposição interativa onde o visitante descobre qual é o processo de recepção o sinal consiste neste modo e quais são suas vantagens sobre a televisão analógica.

Para o Dia das Crianças foi inaugurado o Laboratório de Química, um espaço onde a criança mergulha para vivenciar que esse ramo da ciência pode ser divertido, realizando experimentos que não envolvem riscos, como encher um balão sem estourá-lo, fazer um sorvete em 3 minutos e muitos outros.

Dos meses de férias escolares, os visitantes podem observar o Mural da Energia: um gráfico em grande escala que nos permite saber quais são as fontes naturais de energia e como o homem, utilizando a sua engenhosidade, as aproveita para satisfazer as suas necessidades modernas. De certa forma, ajuda a integrar o conhecimento transmitido nas diversas exposições interativas relacionadas ao assunto: Hidrocarbonetos, Eletricidade, Sobre Rodas.

Setembro foi repleto de magia, pois na área de Percepção foram colocadas novas experiências de Ilusões de Ótica, explicando conceitos como: Plano de Fundo e Figura, Imagens Ambíguas e Ritmo e Movimento.

Mais recentemente, foram instaladas as exposições: Animal Skeletons, um local para ver a estrutura óssea de alguns animais, complementando a exposição anterior onde são apresentados Esqueletos Humanos, enfatizando a diferença entre o esqueleto de homens e mulheres; e Crânios: que apresenta maquetes onde é possível observar as mudanças na caixa craniana dos ancestrais do homo sapiens. Manter um Museu da Ciência atualizado, em ótimo estado de conservação, e também dedicado às crianças, representa muito trabalho e uma grande dedicação daqueles que diariamente se esforçam para alcançá-lo.

O ano que está terminando não foi fácil, foram muitos os obstáculos que tivemos que superar; Porém, temos trabalhado com otimismo, pensando nas crianças que são o futuro do país e com a satisfação de ver que, como desde a sua criação, há 32 anos, as crianças “aprendem brincando” nesta “realidade maravilhosa. . “.

[+] Videos de nuestro canal de YouTube