👀 Eles usam o Instagram como uma plataforma para ...

Instagram é a rede social mais prejudicial para s …

23 de janeiro de 2018

O Instagram é a rede social mais prejudicial para a saúde mental dos jovens. Ao menos essa é a conclusão de um estudo realizado pela British Society of Public Health e pela University of Cambridge, aplicado a cerca de 1.500 pessoas entre 14 e 24 anos. O objetivo deste relatório é alertar, mais uma vez, sobre o “uso intensivo de redes sociais”, já que o novo estudo examina os efeitos positivos e negativos do Facebook, Instagram, YouTube, Twitter e Snapchat na saúde dos jovens.

O estudo, no total, analisou 14 aspectos relacionados à saúde e bem-estar: como consciência, suporte emocional, ansiedade, depressão, solidão, sono, expressão pessoal, autoestima, imagem corporal, intimidação, relacionamento com o mundo real e ideia de se sentir parte de uma comunidade de pessoas com interesses semelhantes. A mídia social foi descrita como mais viciante do que o cigarro e o álcool, e agora está tão arraigada na vida dos jovens que não é mais possível ignorá-los ao discutir seus problemas de saúde mental.

Os responsáveis ​​pelo estudo afirmam que o Instagram e o Snapchat ocupam as piores posições no ranking em termos de impacto no bem-estar e saúde mental dos jovens. Eles alertam que ambas as plataformas são muito focadas na imagem e parece que podem estar alimentando sentimentos de inadequação e ansiedade nos jovens.

[+] Videos de nuestro canal de YouTube

+, + Vídeo, TV de alta densidade, Android, Apps, Europa, iOS, Redes Sociais, Universidades