Eles descobrem um malware maciço de espionagem cibernética que ...

Eles descobrem um malware maciço de espionagem cibernética que …

25 de novembro de 2014

O grupo de informática norte-americano Symantec anunciou neste domingo na França que havia descoberto um vírus de computador que estava operando desde 2008, cuja complexidade técnica sugere que foi criado ou pelo menos supervisionado pelos serviços de inteligência de um Estado.

O vírus apelidado de “Regin” era um Trojan extremamente sofisticado que permitia que os computadores escolhidos fossem controlados com total discrição. “As equipes da Symantec detectaram falhas de segurança em 10 países, da Rússia à Arábia Saudita, cada um sendo responsável por cerca de um quarto das infecções.”

Os outros países afetados em ordem de importância são México e Irlanda, seguidos por Índia, Afeganistão, Irã, Bélgica, Áustria e Paquistão. O objetivo do “Regin” é coletar diferentes tipos de dados sem sabotar os sistemas. Sua complexidade implica uma fase de projeto de vários meses, até vários anos, o que exigiu um investimento financeiro significativo.

O “Regin” é capaz de fazer capturas de tela, controlar um mouse ou seu cursor, roubar senhas, monitorar o tráfego de rede e recuperar arquivos excluídos. “Mesmo quando você pode identificá-lo em algum lugar, é extremamente difícil determinar o que ele fez ou o que está procurando.”

via «Regin», o vírus sofisticado que opera nas sombras desde 2008 – ABC.es.

[+] Videos de nuestro canal de YouTube