80% dos clientes perdem a confiança em seu banco ...

80% dos clientes perdem a confiança em seu banco …

13 de janeiro de 2015

De acordo com uma pesquisa realizada em conjunto pela B2B International e Kaspersky Lab, a grande maioria dos entrevistados disse que a reputação de um banco quanto à proteção contra ameaças cibernéticas foi um fator importante na escolha de uma instituição financeira. No entanto, menos de 50% das empresas financeiras consideram a perda de confiança e reputação como uma das consequências mais sérias de um incidente de computador.

Os resultados da pesquisa mostram que vários clientes estão insatisfeitos com a qualidade da proteção oferecida por seus parceiros financeiros. Apenas 53% dos entrevistados acreditam que seus parceiros financeiros estão fazendo tudo o que podem para proteger as informações financeiras de seus clientes. Ao mesmo tempo, no último ano, cerca de 41% das financeiras e 48% das operações de comércio eletrônico perderam informações financeiras devido ao crime cibernético.

Esses casos podem prejudicar o relacionamento entre as instituições financeiras e seus principais clientes, muitos dos quais consideram a segurança da informação um fator crítico. A pesquisa descobriu que 74% das empresas afirmam escolher um banco com base em sua reputação em segurança cibernética; ainda mais empresas (82%) estão dispostas a considerar sair de um banco que sofre perda de dados.

Em contraste, apenas 47% das empresas financeiras e 40% das empresas que trabalham no setor de comércio eletrônico mencionaram a perda de reputação e confiança entre as três consequências mais prejudiciais causadas por incidentes de segurança cibernética. No entanto, a pesquisa também mostra que as instituições financeiras que protegem os pagamentos de forma confiável mantêm a fidelidade do cliente e aumentam a receita. 53% das empresas incluídas no estudo disseram estar dispostas a pagar mais por uma proteção confiável do que para apoiar suas transações financeiras. Notavelmente, entre as pequenas empresas esse número representa 43%, enquanto entre as grandes empresas, 64% estão dispostas a pagar custos adicionais por sua segurança financeira.

“Em um mercado altamente competitivo, as empresas financeiras devem valorizar cada um de seus clientes. Notícias de violação de dados ou incerteza do cliente em relação à segurança das informações em um banco podem perturbar o relacionamento profissional. Aconselhamos as instituições financeiras a terem um relacionamento personalizado com seus clientes, como a instalação de soluções de segurança especializadas em computadores e dispositivos móveis “, disse Ross Hogan, Diretor Global da Divisão de Prevenção de Fraude da Kaspersky Lab.

A Kaspersky Lab desenvolveu a plataforma especial Kaspersky Fraud Prevention para prevenção de fraudes para empresas especializadas em serviços financeiros e comércio eletrônico. A plataforma integra aplicativos projetados especialmente para proteger as transações financeiras em computadores, bem como as ferramentas Kaspersky Fraud Prevention Mobile SDK que permitem aos bancos criar seus próprios aplicativos de segurança para os dispositivos móveis de seus clientes.

[+] Videos de nuestro canal de YouTube